top of page
Image by jirayu koontholjinda

Blog Além do Sushi

Um blog colaborativo sobre comida e afetividades

Histórias de Balcão | Além do Sushi no balcão do Dōzo


O que é o Histórias de Balcão?


Histórias de Balcão compartilha vivências, alegrias, conquistas e surpresas de chefs e restaurantes de influência asiática junto aos seus clientes.


São histórias e entrevistas curtas de chefs que fazem a comida ainda mais saborosa com trocas reais e ótimas lembranças.


Tudo de forma mais próxima e transparente. E que fazem prestigiarmos ainda mais nossos restaurantes favoritos.


Histórias de Balcão, histórias que vão Além do Sushi.

 

Para quem acompanha beisebol certamente já ouviu falar sobre Taka Komagome e Kleber Ojima. Como ex-atleta e amigo, tenho muita admiração pelo legado que deixaram para o esporte. Foram ótimos momentos que vivenciei jogando ao lado do Taka e sendo representado pelo o sucesso do Kleber. Para quem não sabe, a dupla tem grandes conquistas nacionais e internacionais pela seleção brasileira. Ojima foi considerado melhor arremessador do mundo em 2003 enquanto Taka colecionava títulos e premiações. E hoje, eles estão unidos para criar novas histórias de sucesso através da comida.


Toda influência da cultura do beisebol se encontra no restaurante Dozo: um restaurante inspirado na cultura nipo-brasileira e no beisebol onde são sócios. Através da gastronomia, eles expressam o respeito pela cadeia de produtores, a qualidade nos pequenos detalhes e compartilham histórias do esporte com seus clientes que só fazem a comida ainda mais saborosa. E é sobre isso que o Histórias de Balcão compartilha com vocês. Vamos lá!


Taka Komagome como técnico do time de Maringá - PR - Crédito de imagem de Carol Coelho

Registro de Taka Komagome recebendo prêmio como jogador na pré-adolescência.

Fotografia de Kleber Ojima em destaque como jogador pelo Tozan - Campinas - SP


Conte um pouco sobre o que é o Dozo.

Em 2018, começamos como o The Pitchers Food Stadium, aqui no bairro do Tatuapé. A decisão de abrir aqui foi justamente por estar anexo ao Arena Beisebol, que é o único espaço indoor para a prática de beisebol no Brasil, o que fazia muito sentido para nós, que praticamos e vivemos o esporte desde crianças. Em abril deste ano, em um comum acordo com os antigos sócios, nos nós desligamos do The Pitchers e decidimos iniciar um novo capítulo como Dozo, uma nova marca que tem mais a nossa cara, nossas influências e nosso DNA, que é servir uma comida casual de qualidade com um toque nipo-brasileiro e tudo isso num ambiente rodeado de boas histórias do beisebol brasileiro.


Dōzo: Palavra que na língua japonesa significa sirva-se.

Quais são as influências orientais de vocês?

Eu e o Kleber somos da terceira geração de japoneses no Brasil, ou seja, somos "sansei", e nossas influências vem de dentro de casa desde pequenos. O Kleber morou junto com seu "jityan" (avô) na sua infância e teve nele com grande incentivador para seguir os primeiros passos no beisebol, que inicialmente no Brasil era muito praticado entre os descendentes nipônicos. Meus pais sempre se preocuparam muito em passar os legados dos nossos ancestrais para mim e meus irmãos. Desde a língua, os costumes e os ensinamentos, e isso envolve a culinária. O que a gente acha muito interessante são as receitas que foram adaptadas por nossos avós quando chegaram no Brasil, por conta da escassez de ingredientes da terra natal e também pelas dificuldades financeiras que passaram na época, misturando elementos da culinária japonesa e brasileira. Um exemplo bem bacana disso é um prato que vamos lançar em breve (spoiler hahaha) que vai ser um domburi com a linguiça de nirá. Esse prato vai ser um bowl que vai com arroz japonês produzido pelo meu pai lá em Floresta-PR (30km de Maringá) e a linguiça de nirá feita pela família Kitayama lá de Presidente Prudente, que são grandes beisebolistas, com várias passagens pela seleção brasileira também. Existe um prato mais nipo-brasileiro que gohan com linguiça? hahahahaha. Ele resume bem a nossa missão que é servir uma comida com boas histórias por trás.


Qual é o prato principal e o mais popular?

O nosso principal prato hoje é o Baoger, e esse lanche tem uma história muito bacana pois ele resume uma parte da história do Kleber. O bao é um pão assado no vapor de origem taiwanesa, país asiático que o Kleber atuou como jogador profissional de beisebol e se tornou um ídolo do esporte em 2004 e 2007. Foi também em Taiwan a primeira vez que ele experimentou o bao. Depois de aposentado da carreira como jogador, em 2014 ele foi pro Canadá e teve a oportunidade de trabalhar em restaurante asiático e foi lá que ele aprendeu a fazer o bao. Além disso, o nosso baoger leva karaague (frango frito à moda oriental) e molho tarê preparado por nós, trazendo a nossa descendência japonesa. Por isso quando a gente pensou no cardápio do Dozo, o baoger é um lanche que não poderia ficar de fora, por contar essa boa história.


Baoger do Dozo que realmente é uma delícia - como diz o Lucas Yokota "Crocante por fora, suculento por dentro"

Kaarague delicioso com molho tarê da casa - bem suave e equilibrado.

O Kaarague-don é um dos meus favoritos particularmente. O carinho é imenso nesse prato que contém o kaarague como bem dito e o arroz japonês / gohan é produzido pelo pai do Taka no interior do Paraná.


Bom, e aqui a gente quer saber sobre histórias que nem todos sabem. Aquelas que fazem a comida ficar ainda mais gostosa...Me conta, qual é a história de balcão que mais faz sucesso?

No nosso balcão fica exposto livro do Kleber, Arremessos Vencedores. Esse livro conta a trajetória do Kleber no beisebol. Os clientes olham o livro e depois olham para ele, ficam desconfiados e depois perguntam: é você? hahahaha os clientes ficam surpresos que o cara que acabara de atende-los tem uma história tão rica dentro de um esporte pouco difundido no nosso país, que tem até um livro em sua homenagem.

Capa do livro "Arremessos Vencedores" por Kleber Ojima


Qual foi a história de seus clientes que mais surpreendeu?

A história que mais nos surpreendeu aconteceu em um dia em que um senhor veio comer e começou a falar que jogou beisebol há 50 anos atrás. No meio da conversa, ele perguntou o nosso nome e quando o Kleber falou que o sobrenome dele era Ojima, esse senhor lembrou que na época em que ele jogava, tinha um arremessador muito bom que se chamava Paulo Ojima e disse que assistiu ele arremessar nos Jogos Panamericanos de 1963, realizado em São Paulo. Paulo é tio do Kleber. Depois nos demos conta que a família Ojima participou de todos os jogos Panamericanos que o beisebol brasileiro participou:

Paulo Ojima (São Paulo 1963)

Thiago Ojima (Mar del Plata 1995, Winnipeg 1999) - Irmão do Kleber

Kleber Ojima (Winnipeg 1999, Santo Domingo 2003 e Rio de Janeiro 2007)



Kleber Ojima ex-jogador profissional do Cobras de Taiwan.

 

Dōzo está localizada na R. Visc. de Itaboraí, 328 - Tatuape, São Paulo - SP

 

Kadu Nakashima entende que as histórias deliciosas e os sabores autênticos geram identificações e novas conexões. Pra ele, não há nada como uma boa comida na mesa para iniciar excelentes conversas.

Comments


participe da nossa comunidade

Assine a nossa Newsletter para receber conteúdos novos, postagens, promoções, cupons de desconto e outros materiais sobre a gastronomia e cultura nipo-brasileira

Arigatou! Agora você faz parte do Além do Sushi!

IMG_20191203_234345.jpg
bottom of page